Carta 20 - O Jardim - Por Tânia Durão

Vigo-Espanha
Todo jardim nos convida ao passeio, a estar ao lazer, a diversão, aos encontros sociais para descontrair e espairecer a cabeça.  

E todo jardim precisa de cuidados. É necessário mexer na terra, plantar boas sementes, regar a plantinha até que ela cresça. Se plantarmos boas sementes, se cuidarmos bem deste jardim, certamente teremos flores e fontes para apreciar. 

Ouvi a Rosa de Souza dizer que "A plantação é livre, mas a colheita é obrigatória". Perfeito! Sempre vamos colher a exata medida do que plantamos, seja de bom ou de mal.

Considero a carta 20-jardim como a carta do retorno, da recompensa, do mérito pelo esforço empregados em uma área da vida do consulente ou em tudo o que se faz.  

La Coruña-Espanha
Outro aspecto desta carta é o passeio ao ar livre para estar em contato direto com a natureza e, se possível, descalço. Caminhar sozinho mesmo ou com o namorado(a), levar o cachorro para passear ou andar com um amigo e colocar o papo em dia é maravilhoso, pois ajuda a aliviar as tensões do dia-a-dia. 




San Sebastian-Espanha
Marcar um encontro com os amigos e/ou familiares para um bate papo descontraído, se divertir num parque de diversões ou reunir a galera para um churrasco ou pic nic ou um queijo e vinhos. Assistir a uma partida de futebol no estadio, em um bar ou na casa de um amigo.




Valencia-Espanha
Mexer o corpo, se exercitar, praticar esportes, correr na orla, jogar futebol com os amigos, andar de bicicleta ao ar livre ou fazer spinning (indoor ou outdoor), frequentar uma academia de ginástica ou de dança ou de yoga ou de luta. Jogar frescobol ou futevoley na praia. Sair para dançar. O movimento faz bem ao corpo e a alma. 


Alicante-Espanha
Santander-Espanha
Ir a eventos culturais, visitar museus para adquirir curiosidades e novos conhecimentos, apreciar e se emocionar com a arte, assistir a um filme ou a uma peça de teatro, ir a um show ou a um espetáculo de dança. Estar em contato com as pessoas é maravilhoso e é importante para mente.


Cádiz-Espanha
Deixei por último uma das minhas maiores paixões - a PRAIA. 
Caminhar na areia da praia, mergulhar no mar, se bronzear, ler, dormir, ouvir música, conversar debaixo do sol ou na sombra da barraca.
Quem não tem praia, pode ir a cachoeira ou a praça ou a um jardim.





Parque Genoves-Cádiz
Outro ponto bacana desta carta é o namoro, por isso eu classifico o jardim (20), como uma das três cartas de namoro. 

Quer coisa mais romântica do que caminhar de mãos dadas com o(a) namorado(a) num jardim ou numa praça ou na praia ou em uma noite de luar? Curtir momentos assim ninguém esquece, né? 
E fazem muito bem para o coração. 





O importante é cuidar de nós mesmos como cuidamos de um jardim!!
É fundamental manter a autoestima elevada, reconhecer as nossas qualidades e os nossos talentos. Quando estamos floridos internamente vamos atrair borboletas para visitar as nossas rosas. 





Nota: Obrigada a minha aluna Lia Nagib por associar esta música 
      ao jardim e por me enviar esta música. 
Considero a Espanha um enorme jardim florido e bem cuidado.




Dedico este post aos meus amigos que cuidam muito bem de mim e das CARTAS CIGANAS. 

Eu os considero as borboletas que sempre alegram o meu jardim. 


Chris Wolf, 
Emanuel J Santos,
Prem Mangla Monique,
Sonia Boechat, 


Os nossos encontros sempre são marcados por alegria, por estarmos junto e com pessoas afins e é regado com uma dose extra de afeto, que alimenta a alma. Isso é cuidar.