Feliz natal e um 2015 ensolarado.

E, de repente (17), é natal outra vez...

Desejo que em sua árvore (05) de natal tenha novos laços (25) afetivos (24), novos projetos de trabalho (26), novas viagens (03), muita paz (30) e que sua alma (31) possa brilhar ainda mais, com todos esses presentes (09). E que em sua ceia de natal haja muita fartura (34) em contentamento e satisfação.

Que 2015 seja um ano com muitos movimentos (01) e que cada passo (22) que você vai dar, em segurança (35), te traga mais e mais êxitos (31), para que você se sinta um vencedor (36) na sua vida.  

Esses são os meus sinceros votos para todos os que visitam e acompanham o Blog, que seguem a página, que baixaram o aplicativo, que são membros do grupo e para toda a equipe que participa dos eventos AS CARTAS CIGANAS.



Recebi a mensagem abaixo da minha querida aluna Denise Laranjeiras e quero expandir o meu abraço/laço a todos vocês.

O LAÇO E O ABRAÇO - por Mário Quintana

Meu Deus! Como é engraçado!
Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço... uma fita dando voltas. Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o laço. 

É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço. 

É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido,
em qualquer coisa onde o faço. 

E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando... devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.

Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido.
E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.
Ah! Então, é assim o amor, a amizade.
Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita. Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora, deixando livre as duas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade.
E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços. E saem as duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum pedaço. Então o amor e a amizade são isso...
Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam.
Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!