Qual a postura adequada de um cartomante?

Este post foi escrito pelos meus alunos em um curso avançado sobre As Cartas Ciganas. 
Pedi uma redação, isso mesmo, uma redação e eles me apresentaram excelentes textos. Os méritos deste post são inteiramente deles. 


"Não e apenas por uma questão de ética, é principalmente por questão de humanidade.
A maioria das pessoa que busca o cartomante passa por problemas com os quais não consegue lidar. Daí a consulta a um oráculo para buscar opções e possibilidades que ele não consegue alcançar diretamente neste momento. 
"Por favor, pegue meu coração magoado, minha mente cansada e meu corpo adoecido por um momento, e me ajude sobre o que fazer a respeito".
Quem nunca antes esteve neste momento? Como gostaria de ser tratado?
Respeito. Acolhimento. Cuidado. Sigilo E humanidade. 
Olhar o outro com igualdade e saber que nele estão todas as ferramentas para a mudança. Saber respeitar se a escolha dele for permanecer em sofrimento. 
Caminhar ao lado no momento da consulta para que ele compreenda que é capaz de caminhar pelos próprios pés. 
Ao terminar, desconectar daquela situação. Mental, emocional e energeticamente. E deixar que a conversa adormeça no inconsciente, esquecendo e seguindo em frente. 
Clarissa Guelves. 



"Apesar da cartomancia não ser uma atividade registrada, o cartomante deve respeitar certos princípios éticos orientando o seu cliente de forma clara e honesta, não omitindo nenhuma informação, de tal forma que o consulente saia da consulta com as suas dúvidas esclarecidas e sentindo que o seu tempo foi empregado de maneira positiva. Trazer à tona o que está no inconsciente do consulente também implica numa responsabilidade enorme porque estamos interferindo na sua decisão. Nem sempre somos portadores de boas notícias por isso precisamos agir considerando a forma como ele deve reagir. Esse olhar atencioso para o lado emocional é outro diferencial. O cartomante exerce uma função terapêutica. Ele motiva, esclarece, apoia e também chama a atenção. Não recomendo uma abordagem religiosa porque o jogo não trata disso. Caso o consulente queira uma interpretação dentro dessa linha que ele procure uma egregora que o atenda. Cartomancia é uma arte divinatória resultado de muito estudo, vivência, sensibilidade e intuição".
Daniela Rebellov



Quando eu procuro uma cartomante, para consulta com as cartas,
Espero encontrar....
Ambiente harmonioso...claro.... limpo... aconchegante...
Espero encontrar alguém que me recebe com um abraço...
Com um sorriso sincero.... Disposta a me escutar e me aconselhar...
Que tenha a ousadia de dizer…mas que use de palavras doces...
Que entenda os limites de não dizer...para não ferir ou magoar
Que seja honesta, cúmplice, discreta e sigilosa...para guardar no seu coração os meus desabafos e segredos.
Apontando as dificuldades como aprendizados e me fazendo confiar em minha mesma e no futuro...
Que seja corajosa para apontar os alertas necessários, mas que seja doce para dizer o que é difícil (embora necessário) ouvir...
Que me alerte.... mas ofereça a mão, apontando as oportunidades que a vida pode me proporcionar...
Que me auxilie a trilhar os caminhos, mesmos os mais difíceis, apostando e projetando em dias melhores...
Que seja otimista! E que este otimismo irradie para que, ao sair dali eu esteja forte para fazer as mudanças necessárias...




"Sempre de bom humor,passando positividade para o consulente, sem ser arrogante e achar que sabe tudo.Respeita e saber ouvir seus clientes sem impor situações ou crenças. Estar sempre com seus matérias adequados para a mesa de jogo. Acima de tudo não se achar o dono da razão e nunca esquecer que o aprendizado é eterno e necessário. Evitar jogar com bebidas e nunca deixa o cliente esperando organizando tudo 15m antes. E sempre seguir suas intuições". 

Roger santos