Carta 08 - O Caixão - Por Tânia Durão


Uma das cartas que mais gosto do baralho cigano é o caixão (08). Costumo dizer que esta carta representa bem os psicólogos e os terapeutas, por ajudarem, em sua profissão, a fazer com que seus clientes se voltem para dentro de si mesmos, que se interiorizem, que entrem em contato com as suas lembranças, suas experiências, suas emoções, e, consequentemente, com o seu próprio comportamento, que muitas das vezes é limitante em função do medo. 

Com a técnica adequada, os terapeutas ajudam no processo de dar um novo olhar para as experiências que atingiram os seus clientes, assim cada pessoa tem a chance de ressignificar, ou seja, de ter um novo olhar para os acontecimentos em sua vida. 

Esta é a verdadeira transformação, pois não podemos mudar um fato, mas podemos, sim, mudar o olhar sobre um determinado evento. Com isso, cada pessoa pode olhar para frente, pois consegue vislumbrar uma nova etapa, com os valores renovados e uma atitude mais positiva diante da vida. 

Algumas pessoas consideram esta carta como "perda", mas para mim, a única perda aqui é a perda do passado e dos velhos padrões. Eu considero esta carta como um processo de aprendizado e isso é uma grande ganho, pelo menos na minha opinião. 

Sei que não é fácil abandonar velhos conceitos ou quebrar um padrão de comportamento, mas acredito, como terapeuta, que na vida tudo é passível de transformação, de renascimento, de renovação.    

Outro significado desta carta é o mundo interno do cliente, pois o caixão anuncia (ou denuncia) como o consulente se sente, como o consulente se encontra no momento da consulta com As Cartas Ciganas. Às vezes o consulente encontra-se no meio do olho do furacão, num verdadeiro turbilhão, por encontrar-se numa forte transição em sua vida. Às vezes se sente perdido ou inseguro, mas não sabe como demonstrar isso e acaba se fechando. Outras vezes o consulente está paralisado, por não saber como agir.

Sou meu próprio laboratório de pesquisa, por isso me observo constantemente. Estou sempre em contato com os meus sentimentos e que escolhas estou fazendo. Sempre me pergunto: o que estou aprendendo com esta experiência? - Não fico focada no sofrimento, mas na oportunidade de aprendizado, pois quando aprendemos uma lição, entramos num novo ciclo de vida. 

A carta 08-caixão é uma carta para dentro (eu a classifico como carta de interiorização), fala das transformações de crenças e mudança de padrão de comportamento. É mais uma questão psicológica, por tratar-se de um novo olhar, ou seja, ressignificar os paradigmas. 


                 
 




Dedico este post as minhas amigas psicólogas, que são sábias e muito queridas, pois através da sua profissão, auxiliam os seus clientes a terem um verdadeiro contato com o seu mundo interno e favorecem aos mesmos a terem uma atitude mais positiva e mais leve diante da vida. Com isso eles podem se sentir renovados, mais realizados e mais felizes. 

Ana Karine Lins costa
Julia Tourinho - www.juliatourinho.blogspot.com
Ismenia Woyame - www.ismeniawoyamepsicoterapeuta.blogspot.com
Sonia Boechat Salema - www.tzaradaestrela.blogspot.com