A RELAÇÃO - por Dênis Cartomancia.

Fonte: www.baralhodacigana.blogspot.com

A RELAÇÃO - As angustias nos relacionamentos.

Deparo-me diariamente nos atendimentos com a as situações amorosas e afetivas cada vez mais fragilizadas. As pessoas estão em busca de uma solução rápida, sem passar por muitos problemas a fim de conquistarem a pessoa que acham a mais apropriada para o momento.

Pensando nisso, escrevo sobre o trio abaixo para refletirmos um pouquinho:

BUQUET (09) + JARDIM (20) + PÁSSAROS (12)

Caminhando com o auxilio das cartas podemos entrar nesta seara através das flores, ou buquet para quem preferir. Ele nos remete aquele sentimento de contentamento por alguém, a alegria de iniciarmos aquela paquera nova, o friozinho na barriga, o desejo interminável de reencontrarmos a pessoa. Entendo eu como sendo o melhor dos momentos de uma relação.

Com a tecnologia atual o nosso olho não sai do aparelho celular aguardando uma notícia da pessoa e isto acaba sendo também o nosso presente, o outro deu sinal!! lembrou!! e aí novamente surge o nosso contentamento. Nos encontros acabam vindo os agrados, através de flores, literalmente, ou até mesmo um café, um jantar, enfim, um agrado que acaba inundando o nosso coração e elevando nossa alma. Neste momento somos a pessoa mais feliz do mundo, pois tem alguém elevando nossa estima, nos fazendo bem.

Mas agora, entra no jogo o Jardim. Um encontro mais íntimo, um levantamento mais apurado sobre o outro, conhecer melhor, sair para caminhar e conversar sobre a vida, aliás, as melhores comunicações acontecem ao ar livre (quem nunca percebeu o sinal do celular se esvaindo num estacionamento no subterrâneo???), numa caminhada num parque, num namoro de praça onde começamos a desvandar o mais íntimo do outro.

E assim, iniciamos o plantio daquela semente de sentimento verdadeiro. As relações, como tudo hoje em dia, estão muito rápidas, e as pessoas querem algo rápido pois estão envolvidas num processo de descarte interminável. Está muito fácil encontramos alguém para sair, fazer uma festa, e se rolar...continuamos até.....sabe-se lá!

Aqui faltou a semente, o cultivo, o substrato deste amor, a rega, o adubo para que este amor cresça forte e livre de ervas daninhas ao redor. Então, não tenha medo de fortalecer este amor, ame-o intensamente, diga o que sente, faça o agrado necessário, fale EU TE AMO, simplesmente.....se não conseguir, apenas olhe nos olhos do outro. Quando conseguimos olhar no fundo dos olhos do outro estabelecemos o nosso vínculo.

Vínculo esse que nos tornará parceiros, companheiros e quem dirá que não nos tornaremos um casal deAGAPORNIS (pássaros do amor onde escolhem apenas um parceiro para sua vida toda). Mas lembre, o cultivo não é fácil, requer dedicação, flexibilidade, saber ouvir mais que falar e compreender o outro.

Conseguimos com isso a grande multiplicação do amor entre o casal e a liberdade na relação. Liberdade que vêm através da confiança, da lealdade e principalmente do respeito pelo outro.

Entendo como sendo este o grande sacrificio que as relações enfrentam hoje em dia. A falta de flexibilidade, de ouvidos, de paciência....de parceria, e devemos lembrar que isso não acontece por acaso, leva dias, meses, anos....uma vida!!

Quando recebemos flores da pessoa amada, não é difícil e complicado mantermos elas vivas, coloridas, sem que sequem ou morram rapidamente???

Cultive seu amor então, receba ele pela semente e não pelo talo. Plante-o, cuide, zele, respeite, alimente e quiçá após algum tempo você não estará de mãos dadas com o outro colhendo as flores que esta semente nos presenteou?

Ame e cultive o amor!!!

Que Santa Sara possa iluminar nosso caminho no amor e derramar suas bençãos nos nossos jardins!!!

Dênis Maapelli

PS: Fê, através de um café iniciamos nosso maravilhoso jardim, e hoje, enfeitamos nossa morada com suas flores!!!